Início | Notícias | A Cidade | Histórico | Sedes | Regulamento | Recordes | Programa | Inscrições | Como Assistir | Imprensa |
Participantes | Resultados | Campeões | Galeria | Ouvidoria | CBAt
Notícia

18|09|2018 - 00:39 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt
Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2018 teve edição histórica

Fonte: CBAt

Destaques do Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2018. (Wagner Carmo/CBAt)
São Paulo - Uma edição inesquecível. Assim foi o Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2018, encerrado domingo (dia 16) em Bragança Paulista, no estádio do CNDA. A maioria dos grandes atletas brasileiros esteve presente e a disputa entre os dois principais clubes do País foi acirrada.

Darlan Romani e Andressa Oliveira de Morais foram eleitos os melhores do torneio, escolha acertada, embora outros atletas tenham alcançado performances formidáveis.

Foram, sem dúvida, de nível mundial os resultados de Darlan, que alcançou a inédita marca de 22 metros no arremesso do peso, e de Andressa, que fez 64,75 m no lançamento do disco. No caso do disco houve ainda boa presença de Fernanda Raquel Borges Martins, vice-campeã com 64,66 m.

No masculino, entre vários outros resultados de ponta, vale destacar Paulo André Camilo de Oliveira, que fez os 100 m em 10.03 na semifinal e levou o título com 10.02 na final. Paulo ainda ganhou o 4x100 m e uma contusão muscular o tirou dos 200 m.

Altobeli Silva ganhou três provas em três dias: 1.500 m, 3.000 m com obstáculos e 5.000 m. Sem contar a recuperação do campeão olímpico Thiago Braz, que mesmo tendo enfrentado várias lesões durante o ano, venceu o salto com vara, com 5,55 m.

No feminino, grande presença também de Vitoria Cristina Silva Rosa. Ela venceu os 100 m com 11.18, os 200 m com 23.06 (22.73 na semifinal) e o 4x100 m.

Por equipes, o Pinheiros venceu pela terceira vez seguida. O clube da capital paulista fez 685 pontos na classificação geral, contra 653 da Orcampi Unimed, de Campinas, a vice-campeã. No masculino, o Pinheiros fez 379 pontos e a Orcampi, 271. Entre as mulheres a Orcampi marcou 382, contra 306 do Pinheiros.

"Foi uma grande competição, digna das melhores edições do Troféu Brasil", disse o presidente da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho. "É importante lembrar que dos 87 clubes participantes, 61 colocaram atletas nas finais e marcaram pontos", prosseguiu Warlindo.

O dirigente agradeceu aos atletas participantes, treinadores, clubes, federações, árbitros, o pessoal da CBAt. "Todos foram fundamentais para o sucesso da competição", falou o presidente da CBAt.

Aliás, durante o Troféu Brasil, foram realizadas as eleições para representantes de atletas, treinadores e árbitros na Assembleia Geral da CBAt. Agora, terão direito a voz e voto na Assembleia mais nove atletas, dois treinadores e dois árbitros. "Foi mais uma demonstração de apreço pela comunidade atlética nacional", explicou Warlindo.

Todo o campeonato foi levado ao ar pela Atletismo Brasil TV, da CBAt, pela página da Confederação no Facebook, com expressiva audiência.

Início | Notícias | A Cidade | Histórico | Sedes | Regulamento | Recordes | Programa | Inscrições | Como Assistir
Imprensa | Participantes | Resultados | Campeões | Ouvidoria | Galeria | CBAt

© Copyright 2002-2012, CBAt - Todos os direitos Reservados
Rua Jorge Chammas, 310 – Vila Mariana - São Paulo - Brasil - CEP: 04.016-070
Telefone: + 55 11 5908-7488 - Fax: + 55 11 4508-4013 - E-mail: cbat@cbat.org.br