07|05|2016 - 15:40 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt

Erica Sena, muito perto do pódio na Copa do Mundo de Marcha, em Roma

Fonte: CBAt

Erica Sena (Jonny Roriz/COB)
São Paulo - Além do oitavo lugar de Caio Bonfim nos 20 km masculino, o Brasil conseguiu mais um grande resultado na Copa do Mundo de Marcha, que está sendo disputada em Roma, na Itália. A conquista foi conseguida - neste sábado (dia 7) - pela pernambucana Erica Rocha de Sena, que foi a quarta colocada nos 20 km feminino, com 1:27:18, novo recorde sul-americano. As três primeiras: 1 - Hong Liu (China), 1:25:59 2 - Maria Guadalupe González (México), 1:26:17 3 - Shenjie Qieyang (China), 1:26:49.

Erica vem alcançando boas marcas há vários anos e em 2015 foi vice-campeã pan-americana em Toronto, no Canadá, e sexta colocada no Mundial de Atletismo de Pequim, na China.

Ela melhorou também seu recorde sul-americano, que era 1:28:22, e fora alcançada em 19 de março último, em Dundice, na etapa eslovaca do Circuito Mundial de Marcha da IAAF.

Erica vive no Equador e treina com seu marido, o também marchador Andrés Chocho, que também competiu nos 20 km em Roma e ficou em sexto lugar. Ela integra o Programa Caixa de Apoio a Atletas de Alto Nível, da CBAt.

Em Roma, mais três brasileiras competiram. Cisiane Dutra Lopes, que, assim como Erica, está qualificada para a Olimpíada do Rio em agosto próximo, não completou o percurso. Nair da Rosa foi a 83ª, com 1:43:04, e Liliane Barbosa, 84ª, com 1:43:18. Nair e Liliane obtiveram seus recordes pessoais em Roma.

Com os resultados de Erica, Nair e Liliane, o Brasil ficou 15º ugar na classificação por equipes. A China foi a campeã com 10. O Brasil competiu na Copa do Mundo de Marcha de Roma graças ao Programa Caixa de Seleções, da Confederação Brasileira de Atletismo.

O presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes, comemorou o resultado de Caio Bonfim e Erica Sena. "A marcha é uma das modalidades que mais tem evoluído no Atletismo nacional, temos esperanças de bons resultados na Olimpíada do Rio", disse o dirigente.
Agência Mundial Anti-Doping   IAAF - Antidoping   Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem