Navegação: Início | Notícias

Andressa de Morais brilha na temporada 2018

10|08|2018 - 11:56 | Assessoria de Imprensa da CBAt

Fonte: CBAt

Andressa de Morais (Ricardo Bufolin/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - O ano de 2018 está sendo excelente para a paraibana Andressa Oliveira de Morais, recordista sul-americana do lançamento do disco, com 65,10 m. Ela entrou na temporada esperançosa de colher bons resultados, mas a sucessão de competições mostrou que o trabalho forte, sério a elevaram a um patamar mais alto.

Ela chega ao mês de agosto com muito treinamento no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), na cidade de Bragança Paulista, em São Paulo, juntamente com o especialista cubano Júlian Mejiás. Andressa tem ainda nada menos do que quatro competições importantes pela frente: o Campeonato Ibero-Americano de Trujillo, no Peru, de 24 a 26 deste mês a final da Liga Diamante em Bruxelas, na Bélgica, no dia 31 de agosto a Copa Continental de Ostrava, na República Tcheca, nos dias 8 e 9 de setembro e o Troféu Brasil Caixa de Atletismo, de 14 a 16 de setembro, em Bragança Paulista (SP).

"Estou muito feliz. Pude participar de etapas da Liga Diamante e estou na final. Quebrei meu recorde sul-americano, ultrapassando a barreira dos 65 metros. Agora, acabei de ser convocada para representar as Américas na Copa Continental", disse a atleta de 27 anos, nascida em João Pessoa e casada com Everton Luiz Ribeiro, do lançamento do martelo.

Bateu o recorde sul-americano adulto do disco pela primeira vez no Campeonato Ibero-Americano de Barquisimeto, na Venezuela, até hoje recorde sub-23, em 2012, com 64,21 m. No ano passado, no Sul-Americano de Montevidéu, no Uruguai, melhorou o resultado para 64,68 m. E, finalmente este ano, no GP Brasil Caixa, em Bragança Paulista, obteve 65,10 m, marca muito comemorada.

"Estou treinando muito porque acredito que posso melhorar meu recorde mais ainda este ano. Estou competindo contra as melhores do mundo e a qualquer hora o resultado sai", disse Andressa, referindo-se à croata Sandra Perkovic e as cubanas Yamé Peréz e Denia Caballero, suas adversárias constantes na Liga Diamante.

No Ranking Mundial de 2018, Andressa está em sétimo lugar, com 65,10 m. A bicampeã olímpica e mundial Sandra Perkovic lidera, com 71,38 m. Finalista no Mundial de Londres 2017, a atleta do Pinheiros ficou em quarto lugar nas etapas da Liga Diamante de Londres, de Doha e de Paris, e em sétimo em Roma.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição