Navegação: Início | Notícias

Africanos dominam a 25ª Maratona de São Paulo

07|04|2019 - 17:22 | Assessoria de Comunicação da CBAt

Fonte: CBAt

Warlindo e Carlos Bezerra Jr, secretário municipal de Esportes e Lazer, na cerimônia de premiação (Divulgação)
Clique na Imagem para Ampliar
Bragança Paulista - Bragança Paulista - O queniano Kimani Pharis Irungu e a etíope Sifan Melaku Demise, qualificados no ranking IAAF, venceram neste domingo (7/4) a 25ª edição da Maratona Internacional de São Paulo, que teve largada na Praça Charles Miller, no Pacaembu, e chegada ao lado do Obelisco, no Ibirapuera. A prova recebeu o Selo Bronze da IAAF e o Ouro da CBAt, além do Permit 03/2019.

Estreantes na competição, eles ganharam bem. Kimani completou os 42,195 km, em 2:18:32. Já a etíope faturou a vitória, com o tempo de 2:35:03. A prova teve ritmo intenso e puxado, num percurso com diversas subidas.

Vale destacar que a prova também foi seletiva para o "Abbott World Marathon Majors Wanda Age Group World Rankings". A disputa contou com a presença de corredores de alto desempenho técnico, e representantes de nove países: Brasil, Eritreia, Tanzânia, Quênia, Servia, Uganda, Marrocos, Peru e Etiópia.

O queniano de 35 anos usou a estratégia de se poupar no começo, para depois tentar puxar um ritmo mais forte. Um pelotão com cerca de seis atletas começou a abrir distância do segundo grupo e ditou o ritmo da prova. Kimani estava entre eles, além do compatriota David Kiprono (que ficou em segundo) e do etíope Feleke Darsema (que chegou em terceiro). Os três vieram juntos até quase o fim da prova. Já na chegada ao Ibirapuera, Kimani forçou mais e abriu uma pequena vantagem, para cruzar em primeiro.

"Foi uma prova difícil. Com subidas muito fortes e adversários de alto nível, tanto que viemos juntos o tempo todo, sempre revezando na liderança. Além das subidas, também senti um pouco o clima úmido, mais do que estou acostumado. A maior dificuldade mesmo foi nos trechos íngremes, que exigiram muito da gente. Estou feliz. É um grande resultado, ainda mais porque é minha estreia na prova", comemorou Kimani.

Aos 19 anos, Sifan Melaku Demise também fez sua primeira participação na Maratona de São Paulo. Ao contrário da prova masculina, a jovem ditou um ritmo mais forte no começo, e depois que abriu vantagem para as concorrentes, a partir da metade da prova passou a administrar a disputa. Cruzou a linha de chegada sozinha, e com uma vantagem superior a dois minutos para a segunda colocada, a queniana Salome Jerono Biwo.

"Foi uma prova dura. Senti bastante as fortes subidas, onde me poupei mais. Mas quando consegui abrir uma vantagem para minhas concorrentes, passei a administrar, até para cansar menos e me poupar um pouco. Foi uma disputa cansativa, mas estou muito feliz com essa minha primeira vitória aqui em São Paulo", contou a jovem fundista.

Resultados da Maratona 2019:

Masculino

1) Kimani Pharis Irungu (QUE), 2:18:32

2) David Kiprono Metto (QUE), 2:18:38

3) Feleke Darsema Tulu (ETH), 2:19:01

4) Kiplimo Stephen (QUE), 2:19:32seg

5) Pietro Mamu Shaku (ERI), 2:19:33

Feminino

1) Sifan Melaku Demise (ETH), 2:35:03

2) Salome Jerono Biwot (QUE), 2:37:32

3) Genet Wendimagegnehu (ETH), 2:37:55

4) Faith Jeruto Chemaoi (QUE), 2:40:43

5) Gadise Mulu Demissie (ETH), 2:40:53

A Caixa é a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº - Bairro do Campo Novo – Bragança Paulista, SP – CEP: 12.918-240
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição