Navegação: Início | Notícias

Luiz Alberto de Araújo vence decatlo com recorde sul-americano e índice olímpico

30|06|2012 - 17:44 | Da Assessoria de Imprensa do Troféu Brasil Caixa 2012

Fonte: CBAt

Luiz Alberto faz índice e quebra recorde sul-americano (Wagner Carmo/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - Caiu o segundo mais antigo recorde do Atletismo nacional, neste sábado 30, penúltimo dia do Troféu Brasil/Caixa de Atletismo, que termina amanhã (1º), no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo. O autor da façanha foi Luiz Alberto de Araújo, que venceu o decatlo com 8.276 pontos e obteve a qualificação para a Olimpíada de Londres, ao superar o índice 8.163 pontos, estabelecido pela Confederação Brasileira de Atletismo.

De quebra, Luiz Alberto quebrou o recorde brasileiro e sul-americano do decatlo, que era 8.266 pontos e pertencia desde 26 de abril de 1987 a outro brasileiro, o carioca Pedro Ferreira da Silva Filho, que o alcançara em Eugene, nos Estados Unidos. A marca de Pedro Ferreira foi alcançada antes de Luiz Alberto nascer em 27 de junho daquele mesmo ano, na cidade paulista de Artur Nogueira, na região de Campinas.

A qualificação olímpica de Luiz Alberto foi garantida na última prova - os 1.500 m, em que ele venceu com 4:27.75 e somou 759 pontos. As demais marcas e pontuação das outras nove provas: 100 m (10.80 - 906 pontos) salto em distância (7,39 m - 908) arremesso do peso (14,93 m - 785) salto em altura (1,98 m - 785) 400 m (48.54 - 883) 110 m com barreiras (14.12 - 959) arremesso do disco (46.15 - 791) salto com vara (4.90 - 880) lançamento do dardo (52.11 - 620).

"É uma emoção muito grande. O índice já era algo possível para mim, mas evitei falar sobre isso no primeiro dia porque no decatlo é preciso ser linear nos dois dias de prova", festejou o atleta, depois de beijar sua namorada Kamila Felix, ela também atleta, corredora de 400 m.

"Ainda não caiu a ficha. Primeiro vamos absorver tudo o que está acontecendo e então preparar um plano para chegar bem à Olimpíada, fazendo uma pontuação ainda melhor", disse o treinador de Luiz Alberto, Edemar Alves.

Luiz Alberto agradeceu o trabalho de Edemar, do técnico consultor Oleg Ruev, ucraniano que está no Brasil contratado pela CBAt, e seu amigo de prova Sinval de Oliveira. "Todos me ajudaram muito", disse Luiz Alberto. De sua parte, Edemar disse que "a experiência de Oleg foi importante no
seu crescimento e no de seu atleta".

BM&FBovespa: A equipe de São Caetano do Sul (SP) ampliou a sua vantagem na classificação geral por pontos do Troféu Brasil/Caixa, após as competições deste sábado, e agora está com 499 pontos (211 no masculino e 288 no feminino), praticamente assegurando o 11º título consecutivo da competição. O Pinheiros/Asics está em 2º lugar, com 175 pontos. Seguem: 3º Orcampi/Unimep, 90 4º ASA São Bernardo, 64 5º Brasil Foods/ILF, 46 6º Londrina/Caixa e Brasil FC/Fupes, 41 8º ASSEM, 40 9º FCTE, 39 e 10º Sogipa, 36.

O Troféu Brasil/Caixa é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, co-organizado pela Federação Paulista de Atletismo, com apoio do Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, e patrocínio da Caixa Econômica Federal.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488 Fax: (011) 4508-4013
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição