Navegação: Início | Notícias

Brasil tem participação histórica na maratona olímpica

12|08|2012 - 12:06 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt

Fonte: CBAt

Marilson chega em quinto lugar (Valterci Santos/AGIF/COB)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - O Brasil teve uma participação histórica na maratona masculina, que fechou neste domingo 12 o torneio de Atletismo na Olimpíada de Londres. Os três corredores brasileiros ficaram entre os 13 primeiros colocados na prova de 42,195 km, que teve 105 participantes, dos quais 85 conseguiram completar o percurso.

Marilson Gomes dos Santos terminou em 5º (2:11:10), Paulo Roberto de Almeida Paula ficou em 8º (2:12:17) e Franck Caldeira em 13º (2:13:35), numa prova difícil, que teve largada e chegada no The Mall, com a temperatura variando entre 18 e 25 graus centígrados.

As medalhas foram, pela ordem, para o ugandense Stephen Kiprotich e para os quenianos Abel Kirui, bicampeão mundial, e Wilson Kipsang, que era apontado como favorito por ter a segunda melhor marca de todos os tempos na prova, com 2:03.42.

Marilson, bicampeão da Maratona de Nova York, esteve sempre entre os primeiros colocados. Ele só perdeu a 4ª colocação para o norte-americano de origem eritreia Mebrahtom Keflezighi - vice-campeão olímpico em Atenas 2004 - quando faltavam 500 metros para terminar a prova. "Queria muito uma medalha e até o fim tive a esperança de chegar pelo menos em 3º. Fiz tudo o que pude. A última volta no circuito foi a mais difícil de minha vida. Sofri muito com dores musculares", comentou o corredor, o primeiro não-africano na prova, já que o representante dos Estados Unidos nasceu na Eritreia.

Extremamente competitivo, o brasiliense Marilson dos Santos, de 35 anos, analisou o 5º lugar conquistado. "A maratona da Olimpíada teve a cara das maratonas normais, com o domínio africano. Tenho certeza de que fiz a melhor preparação possível e, mesmo tendo completado bem a prova, na raça, queria muito uma medalha."

Já o paulista Paulo Roberto chorou muito depois de cruzar a linha de chegada. "O objetivo era melhorar meu tempo, mas as condições climáticas não ajudaram. O 8º lugar é um sonho, é uma recompensa por todo o esforço feito nos últimos meses. Fiz muito esforço para estar aqui, agradeço ao povo brasileiro, minha família, principalmente minha esposa", concluiu.

Franck Caldeira, que chegou a liderar a prova na altura do km 10, afirmou que estava se "sentindo bem. Tentei abrir vantagem na liderança, mas não deu. Estou contente por ter terminado a prova em 13º lugar entre tantos concorrentes de alto nível. Em Pequim (em 20-08), não consegui completar o percurso, o que foi uma frustração muito grande", disse o mineiro de 29 anos, medalha de ouro na maratona do PAN do Rio de Janeiro 2007.

Stephen Kiprotich, ugandense de 23 anos, nascido na cidade de Kapchorwa, tem como melhor tempo em maratona 2:07:20. Ele esteve sempre no pelotão de frente, mas chegou a ficar em 3º lugar, quando Kipsang resolveu forçar o ritmo. No final, Kiprotich assumiu a liderança, abrindo 26 segundos de vantagem sobre Kirui, o vice-campeão. Kipsang, visivelmente cansado, teve de administrar a vantagem conquistada durante a prova para garantir o bronze.

O percurso, dividido em quatro voltas - a primeira num circuito mais curto e as outras três num mais longo, passou por locais como The Mall, St. James Park, Victoria Embanment, Bridge Street, Birdcage Walk, Palácio de Buckingham, Trafalgar Square, Monumento à Rainha Victoria, Banco da Inglaterra e trechos pela margem do Rio Tâmisa.

Os 13 primeiros na Maratona
1-Stephen Kiprotich (Uganda) - 2:08:01
2-Abel Kirui (Quênia) - 2:08:27
3-Wilson Kipsang (Quênia) - 2:09:37
4-Mebrahtom Keflezighi (USA) - 2:11:06
5-Marilson Gomes dos Santos (Brasil) - 2:11:10
6-Kentaro Nakamoto (Japão) - 2:11:16
7-Cuthbert Nyasango (Zimbábue) - 2:12:08
8-Paulo Roberto de Almeida Paula (Brasil) - 2:12:17
9-Henryk Szost (Polônia) - 2:12:28
10-Ruggero Pertile (Itália) - 2:12:45
11-Viktor Rothlin (Suíça) - 2:12:48
12-Oleksandr Sitkovskyy (Ucrânia) - 2:12:56
13-Franck Caldeira (Brasil) - 2:13:35

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição