Navegação: Início | Notícias

Brasileiros fazem festa na manhã deste domingo no Ibero-Americano

03|08|2014 - 12:07 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt

Fonte: CBAt

Jorge Vides vence os 200 m masculino em disputa acirrada (Marcelo Machado/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - O Brasil conquistou mais nove medalhas (4 de ouro, 2 de prata e 3 de bronze) na penúltima etapa do Campeonato Ibero-Americano Caixa de Atletismo, disputada na manhã deste domingo 3, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. A competição, que reúne 365 atletas de 24 países, termina neste domingo à tarde, com a disputa de mais 11 finais, a partir das 15 horas.

Com sol, calor de 26 graus e umidade relativa do ar de 45%, o Brasil dominou as finais dos 200 m. Franciela Krasucki ganhou a feminina, com 23.41 (0.2), enquanto Jorge Henrique Vides foi o campeão da masculino, com 20.42 (0.7). Vanusa Santos ainda levou a medalha de bronze, com 23.64.

"Queria um resultado melhor, mas a medalha de ouro é maravilhosa. Estava inconformada com o terceiro lugar nos 100 m e esta vitória é um alívio", comentou Franciela. "Comecei esta temporada muito cedo por causa dos torneios indoor e preciso descansar um pouco para depois recomeçar os treinos para o Troféu Brasil, em outubro", concluiu a velocista paulista.

Para Jorge Henrique, a vitória também teve um gosto especial. Prata nos 100 m, fez neste domingo uma prova de recuperação. "Não larguei bem, mas deu para chegar um pouquinho na frente", lembrou o carioca, que superou o colombiano Bernardo Baloyes por um centésimo de segundo. "A prova foi extremamente equilibrada e só deu para comemorar depois de sair o resultado no placar."

No heptatlo, Vanessa Chefer Spinola ficou com o ouro. Ela somou 5.722 pontos, após sete provas disputadas neste sábado e domingo. Ela garantiu o título no salto em distância, lançamento do dardo e 800 m, as últimas provas. "Consegui buscar o primeiro lugar com muito esforço. Sofri no sábado com dores nos joelhos, mas o importante foi que cheguei lá", comemorou, completamente extenuada, antes de receber a medalha no pódio.

No revezamento feminino do 4x400 m, o Brasil teve Geisa Coutinho, Barbara de Oliveira, Joelma Sousa e Jailma Lima, pela ordem de corrida, completaram a prova em 3:29.65, o melhor desempenho do grupo em 2014. O anterior havia sido no Mundial de Revezamentos na Bahamas, em maio, com 3:30.35.

"A maior dificuldade foi motivar o grupo para tentar fazer o melhor, mesmo sem a concorrência de adversárias. Felizmente, saiu tudo bem e as meninas corresponderam plenamente", lembrou o técnico Sanderlei Parrela.

No revezamento 4x400 m masculino, o Brasil foi formado por Pedro Burmann, Wagner Cardoso, Hederson Estefani e Anderson Henriques, pela ordem, e ficou com a medalha de prata, com 3:02.80. O ouro foi para a República Dominicana, com 3:02.73.

"Foi uma boa disputa, equilibrada e tivemos um adversário de respeito", afirmou Wagner Cardoso. "Fizemos o segundo melhor tempo da temporada, abaixo apenas o que nos garantiu a classificação para o Mundial da China, em 2015, com 3:02.79", completou.

Embora quisesse ouvir o Hino Nacional no pódio, Altobeli Santos da Silva disse ter ficado feliz com a medalha de prata nos 5.000 m. "Fiz o melhor que pude. Enfrentei grandes adversários", disse o brasileiro que completou a prova em 13:54.66. A vitória foi do equatoriano Bayron Piedra (13:50.20) e a terceira colocação ficou com o espanhol Ivan Fernandez (13:59.61)

No arremesso do peso, a brasileira Keely Medeiros ficou com o bronze, com 16,95 m. O ouro foi para a chilena Natalia Duco, com 17,53 m, e a prata para a colombiana Sandra Milena Rivas, com 17,10 m. Izabela Rodrigues, campeã mundial de juvenis no lançamento do disco, não participou da prova por causa de uma crise de asma sofrida na véspera. "Ela não tinha condições de competir. Vai se recuperar para disputar o GP Brasil Caixa Pará no próximo domingo, em Belém", disse o técnico João Paulo Alves da Cunha.

No salto com vara, João Gabriel Sousa ficou com o bronze, com 5.20 m, mesma marca do argentino German Charaviglio e do equatoriano José Rodolfo Pacho, que dividiram o ouro.

O 16º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo 2014 tem organização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio da CAIXA e apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Federação Paulista de Atletismo.

Pódio 5ª etapa

Arremesso do peso feminino
1º Natalia Ducó (CHI) 17,53 m
2º Sandra Lemos (COL) 17,10 m
3º Keely Medeiros (BRA) 16,95 m

Salto com vara masculino
1º German Chiaraviglio (ARG) 5,20 m
1º José Velez (ECU) 5,20 m
3º João Gabriel Sousa (BRA) 5,20 m

5.000 m masculino
1º Bayron Piedra (ECU) 13:50.20
2º Altobeli da Silva (BRA) 13:54.65
3º Ivan Fernandez (ESP) 13:59.61

200 m feminino (0.2 m/s)
1º Franciela Krasucki (BRA) 23.41
2º Marisol Landazuri (ECU) 23.60
3º Vanusa dos Santos (BRA) 23.64

200 m masculino (0.7)
1º Jorge Vides (BRA) 20.41
2º Bernardo Navas (COL) 20.43
3º Cruz Rolando Palacios (HON) 20.60

4x400 m feminino
1º Brasil - 3.29.66

4x400 m masculino
1º República Dominicana - 3:02.73
2º Brasil - 3:02.80

Heptatlo
1º Vanessa Chefer (BRA) 5722 pontos
2º Alyisbeth Felix (PUR) 5578 pontos
3º Lecabela Quaresma (POR) 5574 pontos

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº - Bairro do Campo Novo – Bragança Paulista, SP – CEP: 12.918-240
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição