Navegação: Início | Notícias

Higor Alves comemora índice olímpico no Troféu Brasil Caixa

01|07|2016 - 19:11 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt/Troféu Brasil Caixa de Atletismo

Fonte: CBAt

Higor Silva Alves durante prova. (Marcello Zambrana/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Bernardo do Campo - O paulista Higor Silva Alves (GR Barueri) obteve na tarde desta sexta-feira (dia 1º) o índice olímpico do salto em distância ao vencer a prova com a marca de 8,19 m (1.0) no Troféu Brasil Caixa de Atletismo, na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo (SP). Ele conseguiu o resultado logo na primeira tentativa, superando os 8,15m exigidos pela IAAF. Mauro Vinícius "Duda" da Silva (BM&FBovespa) ficou em segundo lugar, com 8,03 m (1.7).

"Estou feliz por conseguir o índice. O primeiro semestre não foi bom. De qualquer forma, o segundo não poderia ter começado melhor", disse Higor, de 22 anos, que tinha 8,18 m como recorde pessoal, desde 2014. "Acho que a agora, sem a pressão, os treinos vão fluir e os resultados vão aparecer naturalmente", completou o atleta.

Já Duda deixou o estádio contente com a marca de 8,03, mas lamentando ter sentido dores no pé esquerdo no quinto salto. "Faz parte do jogo. Nada grave, mas me atrapalhou um pouco, embora tenha continuado na competição", afirmou o bicampeão mundial indoor do salto em distância.

No salto em distância feminino, Eliane Martins (Pinheiros) venceu com 6,72 m (2.6). Já Jéssica Carolina dos Reis (ASA São Bernardo) ficou em segundo lugar, com 6,69 m (0,5), ou seja, a apenas 1 cm, da marca mínima exigida para os Jogos Rio 2016. "Fiquei muito perto e animada, mas senti dores no tendão e fiquei insegura. Não deu para forçar o ritmo nas últimas tentativas", explicou.

Outro resultado importante, mas que não assegurou índice ocorreu no heptatlo. Vanessa Chefer Spinola (Pinheiros) bateu o recorde brasileiro com 6.188 pontos, ficando a apenas 12 pontos da marca mínima. O recorde anterior era de Lucimara Silvestre da Silva, com 6.182 pontos, desde 2012, obtido na conquista na medalha de ouro no Ibero-Americano de Barquisimeto, da Venezuela.

Já no salto com vara, Thiago Braz (Orcampi Unimed), quarto colocado no Ranking Mundial da IAAF desta temporada, com 5,85 m, venceu a prova com 5,70 m, marca ultrapassada em tentativa única. Com o ouro garantido, partiu para os 6,00 m, falhando nos três saltos. "Acho que tenho condições de superar essa barreira e estou tentando", lembrou. "Esta é a terceira vez, mas senti mais dificuldades por causa do vento", completou.

PÓDIO DO SEGUNDO DIA

400 m feminino
1º Geisa Coutinho (Orcampi Unimed), 51.54
2º Jailma Sales de Lima (BM&FBovespa), 52.40
3º Tabata Vitorino de Carvalho (AA Maringá), 52.59

Salto com vara masculino
1º Thiago Braz da Silva (Orcampi Unimed), 5,70 m
2º Augusto Dutra de Oliveira (BM&FBovespa), 5,50 M
3º Abel Curtinove (EC Pinheiros), 5,20 m

400 m masculino
1º Pedro Burmann de Oliveira (Sogipa), 45.87
2º Hugo Balduíno de Souza (BM&FBovespa), 46.00
3º Peterson dos Santos (EC Pinheiros), 46.09

Salto em distância feminino
1º Eliane Martins (EC Pinheiros), 6,72 m (2.6)
2º Jéssica Carolina dos Reis (AS São Bernardo Caixa), 6,69 m (0.5)
3º Keila da Silva Costa (BM&FBovespa), 6,56 m (1.6)

800 m feminino
1º July Ferreira da Silva (BM&FBovespa), 2:03.94
2º Flávia Maria de Lima (ASA São Bernardo Caixa), 2:04.05
3º Jessica Gonzaga dos Santos (EC Pinheiros), 2:05.82

1.500 m masculino
1º Carlos de Oliveira Santos (Cruzeiro Caixa), 3:45.94
2º Lutimar Abreu Paes (BM&FBovespa), 3:46.54
3º Jean Carlos Dolberth Machado (Pinheiros), 3:46.89

Arremesso do peso masculino
1º Darlan Romani (BM&FBovespa), 20,21 m
2º Wilian Denilson Dourado (ARPA São José do Rio Preto), 18,93 m
3º Valdivino Vinicios dos Santos (FAE), 18,64 m

100 m com barreiras feminino (1.5)
1º Maila Machado (EC Rezende Unimep Selam), 13.00
2º Fabiana dos Santos Morais (EC Pinheiros), 13.05
3º Geisa Cardoso dos Santos (ASA São Bernardo Caixa), 13.43

Salto em distância masculino
1º Higor Silva Alves (GR Barueri), 8,19 m (1.0) (IO)
2º Mauro Vinicius Duda da Silva (BM&FBovespa), 8,03 m (1,7)
3º Tiago da Silva (Brasil FC/FUPES), 7,86 m(0.7)

Lançamento do disco feminino
1º Lidiane Cansian (ASSEM), 55,35 m
2º Andressa Oliveira de Morais (EC Pinheiros), 54,71 m
3º Izabela Rodrigues da Silva (BM&FBovespa), 54,61 m

Heptatlo feminino
1º Vanessa Chefer Spinola (Pinheiros), 6.188 pontos (RB)
2º Giovana Aparecida Cavaleti (BM&FBovespa) 5.808
3º Tamara Alexandrino de Souza (Pinheiros) 5.697

Revezamento 4 x100 m feminino
1º EC Pinheiros, 44.34
(Bruna Farias, Rosangela Santos, Kauiza Venâncio, Evelyn dos Santos)
2º CR Vasco da Gama, 44.89
(Evelyn de Paula, Mariana Ferreira, Lorena Lourenço, Bianca dos Santos)
3º BM&FBovespa, 45.58
(Tania Ferreira, Jailma Lima, Leticia Cherpe de Souza, Bianca dos Santos)

Revezamento 4x100 m masculino
1º Brasil Foods/ILF, 39.67
(Yuri Monteiro, Jefferson Lucindo, Derick da Silva, Carlos Grachet)
2º Orcampi Unimed, 40.20
(Alan Gusmão, Paulo Silva, Basilio de Moraes, Robson Braga)
3º UCA, 40.23
(Giancarlos Pereira, Jonatan Rodrigues, Fabio Oliveira, Willian Silva)

3.000 com obstáculos feminino
1º Tatiane Raquel da Silva (IPEC), 9:49.22
2º Juliana Gomes dos Santos (BM&FBovespa), 9:50.89
3º Jenifer do Nascimento Silva (EC Pinheiros), 10:05.91

Classificação por clubes
1º EC Pinheiros, 225 pontos
2º BM&FBovespa, 202
3º Orcampi Unimed, 119

(RB) Recorde Brasileiro / (IO) Índice Olímpico

O Troféu Brasil Caixa de Atletismo é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e da Federação Paulista de Atletismo (FPA), com apoio da Prefeitura de São Bernardo do Campo. O patrocínio é da Caixa Econômica Federal.

MAIS INFORMAÇÕES, COMO PROGRAMA HORÁRIO E LISTA DE PARTICIPANTES, NO HOTSITE DA COMPETIÇÃO:

http://www.cbat.org.br/competicoes/trofeu_brasil/2016/default.asp

Mais informações clique aqui

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº - Bairro do Campo Novo – Bragança Paulista, SP – CEP: 12.918-240
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição