Navegação: Início | Notícias

Campeões sul-americanos mais perto do Mundial de Londres

26|06|2017 - 11:31 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo

Fonte: CBAt

Mariana Grazielly, em Assunção (Facebook)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - O Brasil conquistou neste fim de semana 17 medalhas de ouro no Campeonato Sul-Americano de Atletismo, encerrado domingo (dia 25), no Estádio Comitê Olímpico Paraguaio, em Assunção. Com a vitória, muitos atletas deram um passo importante rumo ao Campeonato Mundial de Londres, marcado para o período de 4 a 13 de agosto, na Grã-Bretanha, já que o título garante vaga ao atleta brasileiro, desde que no dia 23 de julho, data limite para a obtenção dos índices, esteja entre os 40 primeiros no Ranking Olímpico da IAAF, que leva em consideração três atletas por país.

Embora ainda tenham tempo de buscar as marcas mínimas, estão nessa situação, atletas como Eduardo dos Santos de Deus (110 m com barreiras), Fabiana dos Santos Moraes (100 m com barreiras), Paulo Sergio de Oliveira (salto em distância), Mariana Grasielly Marcelino (martelo), Eliane Martins (salto em distância), Jefferson de Carvalho Santos (decatlo) e Tamara Alexandrino (hetpatlo), todos ganhadores de ouro em Assunção.

Outros campeões já estão qualificados para o Mundial: Vitoria Rosa (100 m e 200 m), Geisa Coutinho (400 m), Nubia Aparecida Soares (salto triplo), Andressa de Oliveira Morais (disco), Geisa Arcanjo (peso), Darlan Romani (peso) e Wagner Domingos (martelo).

As demais medalhas de ouro foram conquistadas pelos revezamentos femininos do 4x100 m, formado por Franciela Krasucki, Ana Claudia Lemos, Vitoria Rosa e Rosangela Santos, com 43.12, e do 4x400 m, com Jailma Lima, Jessica Roberti, Jessica dos Santos e Geisa Coutinho, com 3:33.00. No masculino, o 4x100 m foi o campeão, com 39.47, formado com Flavio Gustavo Barbosa, Alexander Russo, Bruno Lins e Felipe Bardi. Todas as marcas entram para o Ranking Mundial, que definirá as equipes convocadas para o Mundial.

O vento forte impediu a homologação de diversas marcas durante toda a competição, iniciada na sexta-feira (23), para efeito de qualificação ao Mundial. O resultado do decatlo também não será aceito para este fim, porque Jefferson contou com a ajuda do vento nos 100 m com barreiras, 100 m e salto em distância. De qualquer forma, o Brasil manteve a hegemonia na competição e foi campeão na classificação geral (352 pontos), na masculina (164) e na feminina (188), com uma campanha consistente.

Os campeões brasileiros do Sul-Americano de Assunção:

Eduardo dos Santos de Deus (110 m com barreiras) - 13.42 (3.8)
Geisa Coutinho (400 m) - 52.03
Fabiana dos Santos Moraes (100 m com barreiras) - 12.86 (2.9)
Nubia Aparecida Soares (salto triplo) - 14,42 m (4.2)
Andressa Oliveira Morais (lançamento do disco) - 64,68 m (recorde sul-americano)
Paulo Sergio de Oliveira (salto em distância) - 7,93 m (2.3)
Darlan Romani (arremesso do peso) - 21,02 m (recorde do campeonato)
4x100 m masculino - 39.47
Jefferson de Carvalho Santos (decatlo) - 8.187 pontos
Eliane Martins (salto em distância) - 6,51 m (3.9)
Mariana Grasielly Marcelino (lançamento do martelo) - 66,83 m
4x100 m feminino - 43.12
Wagner Domingos (lançamento do martelo) - 73,79 m
Vitoria Rosa (200 m) - 22.67 (2.8)
Geisa Arcanjo (arremesso do peso) - 18,06 m
4x400 m feminino - 3:33.00
Tamara Alexandrino (heptatlo) - 5.667 pontos

O Brasil participou do Campeonato Sul-Americano Adulto com recursos do Programa Caixa de Seleções Nacionais da CBAt, patrocinada pela Caixa Econômica Federal.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição