Navegação: Início | Notícias

Paulo Sergio de Oliveira e Vitória Rosa vencem na Europa

11|07|2017 - 17:47 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo

Fonte: CBAt

Vitória Cristina Rosa (Wagner Carmo/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - Atletas brasileiros estão na Europa em preparação para o Campeonato Mundial de Londres ou em busca dos índices para a principal competição do calendário internacional marcada para agosto de 2017. Em Lucerna, na Suíça, Paulo Sergio de Oliveira (B3 Atletismo), campeão sul-americano de Atletismo no Paraguai, venceu o salto em distância do Meeting Internacional de Atletismo, disputado nesta terça-feira (dia 11). Ele obteve 7,73 m (0.0) em sua segunda tentativa, garantindo a medalha de ouro.

O suíço Christopher Ullmann ficou com a prata, com 7,72 m (0.0), seguido do norte-americano Michael Hartfield, com 7,60 m (0.0). Tiago da Silva (Pinheiros) terminou em quinto lugar, com 7,44 m (0.0), enquanto Mauro Vinícius Duda da Silva (B3) ficou em sexto, com 7,14 m (-1.1)

Na final B dos 100 m com barreiras, Fabiana dos Santos Moraes (Pinheiros), campeã brasileira e sul-americana, ficou em segundo lugar, com 13.18 (-0.8). A campeã foi a ucraniana Hanna Plotitsyna, com 13.12.

Já na final B dos 110 m com barreiras, Gabriel Constantino (Orcampi Unimed) conquistou o bronze, com 13.68 (-0.2). O vencedor foi Eddie Lovett, das Ilhas Virgens Americanas, com 13.57. Na mesma prova, Eder de Souza (Orcampi Unimed), qualificado para o Mundial de Londres, ficou em sétimo lugar, com 14.10.

Já no GP Folksam de Gotemburgo, na Suécia, Vitória Cristina Rosa (B3 Atletismo), que tem índices para Londres, venceu os 200 m, com 23.35 (0.0), superando as polonesas Marika Popowicz-Drapala, com 23.61, e Martyna Dabrowska, com 23.74.

No salto em distância, Eliane Martins (Pinheiros) ficou com a medalha de prata, com 6,64 m (1.8). A sueca Khaddi Sagnia ganhou o ouro, com 6,67 m (1.9).

Nos 3.000 m, Albobeli Santos da Silva (Pinheiros), finalista olímpico dos 3.000 m com obstáculos e qualificado para o Mundial, ganhou prata nos 3.000 m, com 7:52.10. O queniano Cornelius Kangogo foi o campeão com 7:51.17.

No lançamento do disco, Andressa Oliveira de Morais, recordista sul-americana e qualificada para o Mundial, também ficou com a prata, com 62,05 m. Ela só foi superada pela norte-americana Gia Lewis-Smallwood, que marcou 62,29 m.

Já no salto triplo, Mateus Daniel de Sá (Pinheiros), qualificado para Londres, ficou em quarto lugar, com 16,00 m. O pódio teve o cubano Cristian Atanay Nápoles (17 m), o colombiano Jhon Murillo (16,41 m) e o britânico Nonso Okolo (16,21 m).

Em Usti Nad Labem, na República Tcheca, o recordista sul-americano e 5º colocado na Olimpíada do Rio, Darlan Romani ganhou a medalha de bronze no Grand Prix Usti, competição apenas da prova do arremesso do peso. Ele obteve a marca de 20,74 m, superando mais uma vez o índice para o Mundial de Londres (20,50 m).

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº - Bairro do Campo Novo – Bragança Paulista, SP – CEP: 12.918-240
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição