Navegação: Início | Notícias

Darlan Romani busca vaga na final no Mundial de Londres

30|07|2017 - 12:32 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo

Fonte: CBAt

Darlan Romani (Wagner Carmo/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - Quinto colocado nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 e oitavo lugar no Ranking Olímpico da IAAF de 2017 no arremesso do peso, o catarinense Darlan Romani (B3 Atletismo) parte para o seu segundo Campeonato Mundial de Atletismo, em Londres, com boas expectativas. Não da comunidade apenas, mas também pessoal. Ele sonha estar na final do dia 6 de agosto no Estádio Olímpico Rainha Elizabeth, em prova marcada para as 16:35 no horário de Brasília.

Comedido e compenetrado, Darlan não se arrisca a fazer prognósticos. Prefere falar dos treinos e da evolução alcançada por meio dos resultados. "A gente treina para ter confiança. É dar um passo, depois mais um, mais um, sempre para frente. O objetivo é esse, ser regular. Trabalho para arremessar cada vez mais", afirmou Darlan, que enfrentou sérias dificuldades na carreira como lesões nos dois joelhos.

No ano passado, na Olimpíada do Rio, ele superou a barreira dos 21 metros ao alcançar 21,02 m, na final. Foi o seu segundo recorde brasileiro no dia. Na qualificação, já havia batido, com 20,94 m. Este ano, no Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo, em São Bernardo do Campo (SP), arremessou a 21,82 m, novo recorde sul-americano e top 10 no Ranking Mundial da IAAF.

"O Darlan está em franca ascensão técnica e física. Ele tem tudo para superar a barreira dos 22 metros ainda este ano", comentou o especialista cubano Justo Navarro, responsável pela preparação do atleta, desde quando os treinamentos eram feitos no CT de Uberlândia, em Minas Gerais.

Em 2017, Darlan passou a treinar no Centro Nacional de Desenvolvimento de Atletismo (CNDA), da CBAt, na cidade de Bragança Paulista (SP), que recebe apoio dos Programas Caixa da Confederação.

Em 2017, além de vencer o GP Brasil, foi campeão pela sexta vez do Troféu Brasil e conquistou o título do Sul-Americano em Assunção, no Paraguai, quebrando o recorde da competição, com 21,02 m.

A delegação brasileira terá uma equipe com 36 atletas no Mundial de Londres, sendo 20 na categoria masculina e 16 na feminina.

O Brasil participa do Campeonato Mundial com recursos do Programa Caixa de Apoio às Seleções da CBAt, patrocinada pela Caixa Econômica Federal.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição