28dezembro

Troféu Norte-Nordeste Caixa mostra seus talentos no Recife

Competição será disputada neste sábado e domingo (29 e 30/6), no CIEF Alberto Santos Dumont, na Boa Viagem, com a equipe de Pernambuco defendendo a sua hegemonia na classificação geral do evento
Assessoria de Comunicação da CBAt

O Troféu Norte-Nordeste Caixa Adulto de Atletismo 2019 - Professor Manoel Trajano Dantas Neto, que será disputado neste sábado (29/6) e domingo (30/6), na pista Professor Warlindo Carneiro do Centro Interescolar de Educação Física Alberto Santos Dumont, é uma grande vitrine do trabalho de formação e de desenvolvimento de talentos do esporte feito pelas regiões para o Brasil.

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), organizadora do evento, recebeu a inscrição de 258 atletas, representando 16 Estados das duas regiões, mais convidados do Distrito Federal e de Goiás.

O bom trabalho de descoberta de talentos é indiscutível. Um grande exemplo é a equipe medalha de bronze nos Jogos de Pequim 2008, que contou com o potiguar Vicente Lenílson, o amazonense Sandro Viana, o alagoano Bruno Lins e o maranhense José Carlos Gomes, o Codó.

Neste ano, jovens estrelas destacam-se novamente. A piauiense Letícia Maria Nonato Lima (CE) é um exemplo. Inscrita nas provas dos 100 m, 200 m, 400 m e 4x100 m, ela foi eleita no ano passado o destaque individual feminino da competição. Letícia ganhou a medalha de bronze nos 200 m dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, na Argentina.

Outro destaque da nova geração é o piauiense Luís Fabio da Cruz Rodrigues (PI), convocado para o Campeonato Pan-Americano Sub-20 de Atletismo de San José, na Costa Rica, de 19 a 21 de julho, no arremesso do peso. No Recife, ele vai competir no peso, onde é campeão brasileiro e vice-campeão sul-americano sub-20, no lançamento do dardo e no lançamento do disco. Em 2018, ganhou o troféu de destaque masculino.

O medalhista olímpico Bruno Lins volta a defender a seleção do Piauí, campeã masculina do ano passado, também no Recife. Ele está inscrito nos 100 m, 200 m, 4x100 m e 4x400 m. "É um orgulho participar desta competição", disse.

Entre os pernambucanos, que defendem uma longa hegemonia de campeão na classificação geral, destaque para Paula Raissa Paz da Silva, nos 20.000 m marcha atlética, para Thiago Benedito da Silva, no arremesso do peso e no lançamento do martelo, e para Ubiratan José dos Santos, nos 5.000 e 10.000 m. Outro nome é Anderson Luiz Souza da Silva, no decatlo, salto com vara e salto em distância.

O programa da 43ª edição da mais importante competição regional do País será aberto neste sábado, com a final dos 20.000 m marcha atlética, no feminino, a partir das 6 horas. O torneio termina com a final dos 5.000 m masculino, às 15:30 de domingo.

Pernambuco conquistou o título de campeão geral no ano passado ao ganhar 49 medalhas (15 de ouro, 20 de prata e 14 de bronze). A equipe de Piauí ficou em segundo lugar, com 20 medalhas (12 de ouro, 4 de prata e 4 de bronze), seguida da seleção do Rio Grande do Norte, com 15 (5 de ouro, 4 de prata e 6 de bronze).

Além de ficar com o título, Pernambuco também foi o primeiro colocado no torneio feminino. O Piauí venceu no masculino.

A competição será realizada no CIEF Alberto Santos Dumont, que fica na Rua Almirante Nelson Fernandes, s/nº, no bairro de Boa Viagem. A entrada é franca para o público, não havendo necessidade de apresentação de ingresso.

O presidente do Conselho de Administração da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho, escreveu uma nota. "Presidente Daniel Ricardo Pereira, da FEPA, que tenhas uma excelente competição, competição esta que tenho a honra de ser um dos idealizadores do início da ascensão do Atletismo em nossas regiões, ressaltando que depois do Troféu Brasil é a mais antiga competição do País e de forma interrupta desde 1977 até 2019. Hoje com o nome de nosso querido e inesquecível Manoel Trajano Dantas Neto. Desejamos, CBAt, um grande sucesso e que Deus proteja a todos que participam desta belíssima competição."

O Troféu Norte-Nordeste Caixa é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), com apoio da Federação Pernambucana de Atletismo (FEPA) e patrocínio da Caixa.