Sub-18

Rio Grande do Norte vence Troféu Norte-Nordeste Caixa de Atletismo Sub-18

Pódio do Troféu Norte-Nordeste Caixa de Atletismo (Foto: Divulgação)

Natal recebeu o evento, que teve Pernambuco em segundo no quadro de medalhas, seguido por Bahia e Piauí. Moisés França, do lançamento do dardo, e Mirelle da Silva, dos 2.000 m com obstáculos foram os dois melhores índices técnicos da competição

Bragança Paulista - O Rio Grande do Norte competiu em casa e foi o vencedor do Troféu Norte-Nordeste Caixa de Atletismo Sub-18, disputado sábado (5/10) e domingo (6/10) no Estádio do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da UFRN, em Natal. A competição reuniu atletas de 13 Estados das duas regiões do País, na faixa etária de 15 a 17 anos. Pernambuco e Bahia ficaram em segundo e terceiro, respectivamente, com o Piauí, em quarto.

O Rio Grande do Norte conquistou 31 medalhas (15 de ouro, 7 de prata e 9 de bronze) no geral. O Estado também foi o campeão no naipe masculino (9, 4 e 6) e o segundo colocado na categoria feminina (6, 3 e 3). Pernambuco ganhou o mesmo número de medalhas do que o Rio Grande do Norte: 31, mas com menos ouros (11 de ouro, 10 de prata e 10 de bronze) e foi o vice-campeão do Troféu. O Estado também foi campeão no feminino (6, 5 e 4) e segundo no masculino (5, 5 e 6).

A Bahia ficou com o terceiro lugar no geral (5 de ouro e 4 de prata) e também foi terceira na categoria masculina (3 e 2). O Piauí, quarto no geral (4 de ouro, 8 de prata e 5 de bronze), foi ao pódio, com o terceiro posto no naipe feminino (3 e 2). O Ceará foi o quinto na classificação geral (4 de ouro, 5 de para e 6 de bronze).

O melhor índice técnico individual da competição no masculino foi Moisés Gustavo de Araújo França, do Rio Grande do Norte, que venceu o lançamento do dardo (64,49 m) - ele ganhou ainda o lançamento do disco (45,61 m). Mirelle Leite da Silva, de Pernambuco, campeã nos 2.000 m com obstáculos (7:15.41), com recorde do campeonato, e nos 3.000 m rasos (10:38.0) ficou com o melhor índice técnico feminino.

O Troféu Norte-Nordeste Sub-18 registrou ainda mais dois recordes do campeonato. Na segunda etapa o atleta Hygor Grabriel Bezerra Borges Soares, do Rio Grande do Norte, no salto em distância, fez a marca de 7,10 m. Na terceira etapa o recorde foi estabelecido por Adriano dos Santos, da Bahia, que ganhou os 800 m com o tempo de 1:54.00.

O Troféu Norte-Nordeste Caixa Sub-18 de Atletismo foi uma realização da CBAt e da Federação Norte-Riograndense de Atletismo, com apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Prefeitura de Natal e patrocínio da Caixa Econômica Federal.

A Caixa é a Patrocinadora Oficial do Atletismo Brasileiro.