Notícias

08|07|2023 - | Assessoria de Comunicação
Tatiane Raquel obtém a 10ª vitória nos 3.000 m com obstáculos no Troféu Brasil

Fonte: CBAt

Tatiane Raquel da Silva levou o seu 10º título consecutivo (Foto: Wagner Carmo/CBAt)
-

Cuiabá - A paranaense Tatiane Raquel da Silva (IPEC-PR) confirmou o seu favoritismo e venceu pela 10ª vez a prova dos 3.000 m com obstáculos neste sábado (8/7) no Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa de Atletismo, que termina neste domingo (9/7) no Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A competição tem transmissão ao vivo pela TV Atletismo Brasil por meio do YouTube da Confederação Brasileira de Atletismo.



Tatiane cruzou a linha de chegada, com o tempo de 9:45.48. “Fiz uma prova tática porque o calor impediria uma tentativa de recorde”, comentou a atleta de 33 anos, que disputou uma série de meetings europeus e só voltou segunda-feira (3/7) ao Brasil. “Me senti um pouco cansada, precisei dormir à tarde, ainda reflexo da mudança do fuso horário.”



A atleta, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2021 e no Mundial do Oregon-2022, comemorou muito a sua 10ª vitória na prova e a classificação para o Campeonato Sul-Americano, que será disputado de 28 a 30 de julho, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo. Ela é a atual campeã continental. “Até lá estarei recuperada e posso tentar o índice para o Mundial de Budapeste (9:23.00)”, disse, referindo-se à principal competição da temporada do esporte, que será disputado de 19 a 27 de agosto, na Hungria.



Tatiane Raquel é a recordista do Troféu Brasil, com 9:39.66, e brasileira e sul-americana, com 9:24.38. Também atleta olímpica, Simone Ponte Ferraz (APA/SECEL/Jaraguá do Sul-SC), levou a medalha de prata, com 9:55.14, enquanto Mirelle Leite da Silva (Projeto Atletismo Campeão-PE) assegurou o bronze, com 10:32.79.



No salto em altura, uma surpresa, com a vitória da campeã brasileira sub-20 de 2022. A paranaense Maria Eduarda Barbosa (Praia Clube/Exército/Futel-MG) venceu com a marca de 1,84 m, com recorde pessoal (o anterior era 1,82 m). Aos 19 anos, ela treina em Londrina (PR). “Eu viajei para Cuiabá bem confiante e acreditava na vitória. Fiquei cinco vezes em segundo lugar em competições nacionais das categorias de base e ganhei ouro no sub-20 do ano passado”, concluiu a atleta nascida em Foz do Iguaçu.



Valdileia Martins (Orcampi-SP), líder do Ranking Brasileiro, com 1,86 m, ficou em segundo lugar com 1,82 m. Maria Eduarda e Valdileia vão representar o Brasil no Sul-Americano. Arielly Kaylayne Rodrigues (Pinheiros-SP) terminou em terceiro lugar, com 1,78 m.



No arremesso do peso, outra vitória do Praia Clube/Exército/Futel-MG). Ana Caroline da Silva foi a campeã da prova, com 17,47 m. Estudante de Psicologia na Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, ela está em Belo Horizonte desde o dia 15 de junho. Antes de voltar para a escola, ela ainda disputa o Sul-Americano. “Gostei da marca e acho que posso melhorar em São Paulo” disse a mineira, que tem 18,46 m como recorde pessoal.



Livia Avancini (IPEC-PR) conquistou a prata, com 17,22 m, e o bronze foi Milena Jaqueline Sens (ACARISUL-SC), com a marca de 16,15 m.



Nas semifinais dos 400 m com barreiras no feminino, no perído da manhã, Amanda Miranda da Silva (Geração Atletismo Cianorte-PR) quebrou o recorde brasileiro sub-18 ao terminar em quarto lugar na primeira série, com 58.82, classificando-se para a final deste domingo. O recorde anterior era de Letícia Quingostas de Oliveira, desde 2021, com 59.33.



Nas semifinais dos 200 m, Lorraine Martins, campeã dos 100 m, venceu a série um, com 22.87 (1.3), novo recorde pessoal, correndo pela segunda vez na carreira abaixo dos 23 segundos (ela tinha 22.99 como melhor resultado).



Todos os resultados e mais informações sobre o 42º Troféu Brasil de Atletismo, que termina neste domingo (9/7), podem ser acessadas no hotsite da competição CLIQUE AQUI.



O Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio das Loterias Caixa e do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, com apoio do SESI, da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT) e da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).



A competição tem apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que desenvolve o programa de formação de atletas juntamente aos clubes integrados e ENADS: VEJA AQUI



A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.



As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.


 
Realização   Apoio   Patrocínio
Confederação Brasileira de Atletismo     Caixa Econômica Federal
 
Início | Notícias | São Bernardo do Campo | Histórico | Campeões | Regulamento | Recordes | Sedes
Programa Horário | Marcha Atlética | Inscrições | Normas de Competição | Como Assistir
Imprensa | Participantes | Resultados | Galeria | Ouvidoria | CBAt

© Copyright 2002-2015, CBAt - Todos os direitos Reservados
Rua Jorge Chammas, 310 – Vila Mariana - São Paulo - Brasil - CEP: 04.016-070
Telefone: + 55 11 5908-7488 - Fax: + 55 11 4508-4013 - E-mail: [email protected]