23|06|2022 - | Assessoria de Comunicação

Baloteli fica emocionado ao vencer o decatlo do Troféu Brasil

Fonte: CBAt

Balotelli vence decatlo no Troféu Brasil (Foto: Wagner Carmo/CBAt)
-

Rio de Janeiro - José Fernando Ferreira Santana, o Baloteli (Pesqueira-PE), demonstrou muita emoção ao conquistar nesta quinta-feira (23/6) a vitória no decatlo na quarta etapa do XLI Troféu Brasil Loterias Caixa Interclubes de Atletismo, disputada no Estádio Olímpico Nilton Santos, no Rio de Janeiro. O pernambucano somou 7.707 pontos nos dois dias de competição e comemorou com gritos de “eu mereço, eu mereço” a conquista do bicampeonato da competição.



"Os últimos três anos foram muito difíceis, com poucas provas em função da pandemia e enfrentei problemas pessoais. Deixei de treinar em Recife, me mudei para São Paulo”, comentou o decatleta que está treinando com Neilton Moura, em Guarulhos e no Núcleo de Alto Rendimento. Baloteli, de 23 anos, chegou a chorar em sua comemoração. “Não sei o que se passa na minha cabeça. Sei que venci em pleno Estádio Olímpico. Em 2016, ainda estava em Pesqueira, minha cidade”, completou



Felipe Vinícius dos Santos (Pinheiros-SP) foi o vice-campeão, com 7.666 pontos. Representante do Brasil nos Jogos de Tóquio-2021, ele reclamou de dores em todo o corpo. Já o terceiro lugar ficou com Pedro de Oliveira (AFE-SP), com 7.504 pontos.



No salto em altura mais um vez teve o confronto entre Thiago Moura (ASUFAM-SP) e Fernando Ferreira (IEMA-SP), que representaram o Brasil em Tóquio. Thiago levou a melhor e conquistou o ouro, com 2,23 m, seguido de Fernando, com 2,21 m, e de Talles Sousa (Pinheiros-SP), com 2,14 m.



“A prova foi muito demorada e no final me senti muito cansado. Cheguei na segunda-feira da Europa, com uma dor no pé. Passei por exames na NewOn e nada de grave foi constatado. Só na terça-feira confirmei minha presença no Troféu Brasil”, explicou Thiago Moura.



No salto em distância, Lucas Marcelino dos Santos (Pinheiros-SP) e Danylo Santos Martins (Sogipa-RS) terminaram com 7,68 m como melhor marca. No desempate, Lucas levou o ouro. Ulisses Costa (ASPMP-SP) terminou em terceiro lugar, com 7,65 m. “Venci no último salto. Acreditei até o fim", lembrou Lucas, que teve uma segunda marca melhor do que Danylo.



Allan da Silva Wolski (Pinheiros-SP) comemorou o quinto título do Troféu Brasil da carreira, com 72,05 m. “Queria uma marca melhor, mas fiquei na média dos resultados do ano. De qualquer forma somei pontos importantes no Ranking pensando no Mundial”, comentou. Luís Gustavo Aguiar da Silva (Praia Grande-SP) garantiu a prata, com 66,75 m, seguido de Alencar Chagas Pereira (UCA-SC), com 66,01 m.



No salto triplo, Ketllyn Pamela Daniel Zanette (UCA-SC) obteve o seu primeiro título na competição, com 13,10 m (0.3). “Tinha dois bronzes, em 2020 e 2021, e agora ganhei”, disse a atleta, que treina com o casal Nélio e Tânia Moura em São Paulo. Gabriele Sousa dos Santos (Pinheiros-SP) e Milena Fernandes Lopes (AEFV-RJ) ficaram com a prata, com 12,91 m (-0.1) e o bronze, com 12,88 m (0.3), respectivamente.



Nos dois revezamentos 4x100 m, os campeões dos 100 m comandaram suas equipes na vitória: o SESI-SP de Felipe Bardi dos Santos venceu no masculino, com 38.90, enquanto Pinheiros (SP) de Vitória Rosa ganhou com 44.93.



SERVIÇO - Os fãs do atletismo poderão acompanhar as disputas do Troféu Brasil até sábado (25/6) pela internet ou no estádio. A competição terá transmissão ao vivo pelo Canal Olímpico, plataforma streaming da NSports. ACESSE AQUI



O acesso ao Estádio Olímpico Nilton Santos é gratuito. O público poderá utilizar as arquibancadas do anel inferior com entrada pelo Portão Sul (Rua Arquias Cordeiro – Rampa da Ferrovia).



O meio mais fácil de chegar é pelos trens da Supervia - Linha Deodoro a partir da Estação Central do Brasil, onde também é realizada a conexão com o sistema de metrô do Rio de Janeiro. Também há linhas de ônibus que atendem a região. O estacionamento do Estádio não funcionará.



Informações como resultados completos, programa horário, como chegar ao Estádio e o histórico da competição podem ser encontradas no minissite do Troféu Brasil. CLIQUE AQUI 



A competição tem apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que desenvolve o programa de formação de atletas juntamente aos clubes integrados e ENADS VEJA AQUI 



A NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a entidade gestora do esporte e os atletas brasileiros, visando a saúde integral dos indivíduos e apoio às competições.


 
Realização Apoio Patrocínio
Confederação Brasileira de Atletismo
 
Início | Notícias | São Bernardo do Campo | Histórico | Sedes | Regulamento | Recordes | Programa Horário
Marcha Atlética | Inscrições | Como Assistir | Imprensa | Participantes | Resultados | Galeria | Ouvidoria | CBAt

© Copyright 2002-2016, CBAt - Todos os direitos Reservados
Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - Brasil - CEP: 04.016-070
Telefone: + 55 11 5908-7488 - E-mail: cbat@cbat.org.br