Navegação: Início | Notícias

A indígena Mirelle e Vinícius ganham os dois primeiros ouros do Brasileiro Sub-23

15|09|2023 - | Assessoria de Comunicação

Fonte: CBAt

A indígena Mirelle Leite é tricampeã e se prepara para a disputa do Pan de Santiago (Foto: Gustavo Alves)
Clique na Imagem para Ampliar
-

Bragança Paulista - A indígena Mirelle Leite da Silva (Projeto Atletismo Campeão-PE) e Vinícius de Carvalho Alves (Orcampi-SP) conquistaram o título dos 3.000 m com obstáculos na primeira etapa do programa de provas do Campeonato Brasileiro Interclubes Loterias Caixa Sub-23 de Atletismo, nesta sexta-feira (15/9), em Bragança Paulista. A competição está sendo realizada no Centro Nacional Loterias Caixa de Desenvolvimento do Atletismo (CNLCDA) até domingo (17/9) e o ingresso é um quilo de alimento não perecível. A TV Atletismo Brasil mostra o evento ao vivo, no canal do YouTube da CBAt. 



Mirelle Leite, indígena da etnia Xucuru, venceu os 3.000 m com obstáculos em 10:53.2, comemorou o tricampeonato do Brasileiro Sub-23 e o ouro, mas tem tempo melhor na prova. "Fiquei feliz pelo título e o tri, mas estava ventando muito e isso atrapalhou um pouco. Não consegui repetir o meu 9:56", disse sobre a competição. A medalha de prata ficou com Amanda de Souza Silva (CASO-DF), em 11:42.37 e a de bronze com Milena Gomes da Silva (CAES-ES), em 11:54.69.



A fundista Mirelle, de 21 anos, que mora e treina em Bragança Paulista, disse que fala constantemente com sua família - parte ainda morando na aldeia da etnia Xucuru, no distrito de Cimbles e parte em outras localidades, na cidade de Pesqueira, Pernambuco. Sua irmã, Maria Alice, de 13 anos, foi campeã dos 1.000 m com obstáculos no Norte-Nordeste Sub-16 e seu filho Gabriel, de 6 anos, já ensaia as primeiras corridas. "É uma família de atletas, do atletismo. Ele sempre me fala que vai ser corredor", comenta Mirelle sobre o garoto Gabriel.



"Ela tem apoio da Aeronáutica, é do Time Pernambuco e tem patrocínio da Neoenergia. O atletismo mudou a vida dela", afirma Abraão do Nascimento, do Projeto Atletismo Campeão, lembrando que a atleta trabalhou como diarista em casas de família para garantir o seu sustento.



Mirelle vai correr duas provas na Argentina e depois segue a altitude de Paipa, na Colômbia, em outubro, para fazer sua preparação final para os Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, de 29 de outubro e 5 de novembro. Mirelle integra o Programa Conexão Santiago do Comitê Olímpico do Brasil (COB).



UM VETERANO EM PÓDIOS - Vinícius de Carvalho Alves (Orcampi-SP) venceu os 3.000 m com obstáculos masculino (9:27.58). Mateus Leandro de Alencar (AEASA) conquistou a medalha de prata (9:42.83) e Natan dos Anjos Nepomuceno (GE Alta Velocidade) a de bronze (9:53.55). 



Foi o oitavo título brasileiro de Vinícius, um veterano em pódio aos 20 anos. "Ganhei vários ouros nas categorias sub-18 e sub-20, esse é o meu oitavo título, mas o primeiro no Brasileiro Sub-23. Estou voltando de férias, retomando a base para 2024 e corri de uma forma bem confortável, para ganhar a prova."



Suas próxima competição é a Copa Brasil de Cross Country de Poços de Caldas, dia 26 de novembro. "O meu objetivo para a frente é correr na casa dos 8:40 e sonho com estar um dia numa Olimpíada", disse Vinícius que treina com Alex Lopes, na Orcampi, em Campinas. 



Nas semifinais dos 400 m, Lucas Conceição Vilar (SESI-SP) bateu o recorde do campeonato, com 45.55, melhorando a sua própria marca de 46.10.



Mais informações acesse o minisite da competição na home de www.cbat.org.br.



CLIQUE AQUI



INGRESSO SOLIDÁRIO E BRINDE- Em mais uma ação social do atletismo, o ingresso é solidário e é um quilo de alimento não perecível. A CBAt pede que além do público todos os participantes - atletas, árbitros, treinadores, dirigentes, integrantes de comissões multidisciplinares e do staff da competição - façam as suas doações. O arrecadado será doado a entidades assistenciais de Bragança Paulista e quem doar ganhará um brinde (um por pessoa).



O Centro Nacional Loterias Caixa de Desenvolvimento do Atletismo (CNLCDA) fica na Estrada Municipal Antônio Franco de Lima, 64 (acesso pela Rodovia Alkindar Monteiro, km 50,5 – SP 063), no Bairro do Campo Novo, em Bragança Paulista.



A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.



As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.


 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº - Bairro do Campo Novo – Bragança Paulista, SP – CEP: 12.918-240
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição