Navegação: Início | Notícias

PAN 2003: DUPLA VITÓRIA BRASILEIRA NA MARATONA

09|08|2003 - 12:23 | Por Benê Turco

São Paulo - Vanderlei Cordeiro de Lima e Márcia Narloch venceram muito mais que os 42,195 km da maratona, na manhã deste sábado, 9 de agosto, na abertura do último dia do torneio de atletismo, dos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo. Quando entrou no estádio do Centro Olímpico Juan Pablo Duarte, Vanderlei estava extenuado. Márcia aparentava boas condições físicas, mas logo admitia que fora preciso muita garra para superar as distância, o calor e a umidade.

Para Vanderlei, todo participante que terminou a maratona de hoje no PAN foi um herói. Aos 34 anos, ele conquistou o bicampeonato na prova, que vencera há quatro anos, em Winnipeg. Atleta da BM&F, treinado por
Ricardo D Angelo, Vanderlei disse que buscou forças ao lembrar os brasileiros mais humildes, gente como seu pai, que estava no Brasil, torcendo por ele, e a quem dedicou a vitória.

O experiente corredor, de 34 anos, admitiu que as 2:19.08 que levou para completar o percurso foram das mais difíceis de sua vida de atleta. Mas, no final, explicou que o esforço valeu a pena.

Márcia Narloch, treinada há muito tempo por Jorge D Agostines, o Filé, explicou que sabia muito bem o que ia encontrar em Santo Domingo. Por isso, se preparou todo o tempo, pensando na melhor forma de superar as condições adversas. Márcia disse que, se precisasse, se esforçaria ainda mais para ganhar a prova. A atleta tornou-se a primeira brasileira campeã pan-americana da maratona.

O Brasil teve dois outros representantes da prova. No feminino, Maria do Carmo Arruda Guimarães ficou em quinto lugar, com2:51:58. No masculino, Genilson Júnio da silva sentiu uma lesão na perna e parou à altura do km 20.

Antes de disputar mais oito provas finais, neste sábado à noite, no encerramento do torneio, o atletismo já deu 10 medalhas ao Brasil: Ouro com Hudson de Souza (5.000m), Vanderlei de Lima (maratona) e Márcia Narloch (maratona); Prata com Osmar Barbosa dos Santos (800m), Elisângela Adriano (arremesso do peso), Marilson
Gomes dos Santos (10.000m) e Mário José dos Santos Júnior (marcha 50 km); Bronze com Marilson Gomes dos Santos (5.000m), Fabiano Peçanha (800m) e André Domingos da Silva (200m).

Assim, o atletismo brasileiro que começou o PAN com 98 medalhas, tem agora 108: 35 de ouro, 33 de prata e 40 de bronze.

Abaixo, os brasileiros que competem na última rodada do torneio de atletismo (horário de Brasília).

18:30 - Salto triplo masculino, com Jadel Gregório. Ele já saltou 17,37, marca que pode ser considerada boa,
apesar de o vento a favor de 2.1.

19:30 - Salto em altura masculino, com Jessé Farias de Lima e Fabrício de Azevedo Romero. Eles dividem a condição de recordistas brasileiros, com 2,27.

19:35 - 110m com barreiras com Redelen Melo dos Santos e Márcio Simão de Souza.

19:55 - 1.500m masculino, com Hudson Santos de Souza e Fabiano Peçanha. Hudson já ganhou ouro nos
5.000m e Fabiano, bronze nos 800m.

20:30 - Revezamento 4x100m masculino. O treinador Jayme Netto tem à disposição Vicente Lenilson, Claudio Roberto, Jarbas Mascarenhas e Edson Luciano, além de André Domingos e Claudinei Quirino, que disputaram a final dos 200m.

20:50 - Revezamento 4x400m feminino. A equipe do Brasil terá Geisa Coutinho, Josiane Tito, Lucimar Teodoro e Maria Laura Almirão. Esta equipe venceu o Campeonato Sul-Americano com novo recorde continental (3:28.64).

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Estrada Municipal Antônio Franco de Lima s/nº - Bairro do Campo Novo – Bragança Paulista, SP – CEP: 12.918-240
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição