24dezembro

Centro Olímpico vence Brasileiro Prevent Senior Sports de Atletismo Sub-20

A equipe de São Paulo somou 147 pontos, com o CASO (DF) em segundo e a Orcampi (SP) em terceiro. São Paulo foi primeiro no quadro de medalhas. Vinícius Galeno e Érica Cavalheiro, eleitos os melhores atletas da competição
Assessoria de Comunicação

Bragança Paulista - O Centro Olímpico de Treinamento e Pequisa, de São Paulo, foi o campeão geral do Campeonato Brasileiro Prevent Senior Sports de Atletismo Sub-20, realizado de sexta-feira a domingo (21 a 23/5), no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), em Bragança Paulista, São Paulo. O Centro Olímpico somou 153 pontos, com uma grande atuação de sua equipe feminina, seguido do CASO, do Distrito Federal, com 129 pontos, e da Orcampi, de Campinas, São Paulo, com 124 pontos.



No naipe feminino a vitória também foi do Centro Olímpico (145 pontos), com IPEC, de Londrina (PR), em segundo (77) e Orcampi em terceiro (55). No masculino, a vitória ficou com a CASO (74 pontos), seguida pela Orcampi (71) e APA-SP (55), e um empate com ASEMPAR-Paranavaí em pontos, definido pelo maior número de vitórias.



"Uma emoção grande vencer o geral, coroa o nosso trabalho e o que a Secretaria de Esportes de São Paulo faz há mais de 40 anos, investindo no esporte de base. Essa continuidade, que é tão difícil no esporte, temos no Centro Olímpico", disse Victor Fernandes, supervisor técnico. Observou que o trabalho foi dificultado pela reforma da pista e pela pandemia. "Mas valeu o esforço deles de treinar em casa, voltar pra pista, não abdicar do esporte mesmo tendo outros atrativos para os jovens. Se mantiveram firmes e com espírito de equipe."



O melhor atleta masculino, considerado pelo Juri eleito no Congresso Técnico da competição, foi Vinícius Galeno (CASO), de apenas 16 anos, que conquistou ouro nos 200 m e nos 400 m, com índice para o Mundial Sub-20, que será realizado em Nairóbi, Quênia, de 17 a 22 de agosto. Campeão dos 400 m (47.34), ele venceu também os 200 m com 21.56, com vento de 2.3, acima do permitido.



A melhor atleta foi Érica Cavalheiro (Instituto Foz), que venceu os 200 m e os 400 m. Nos 400 m, a paranaense ratificou as marcas mínimas para o Mundial (54.85) e para o Campeonato Pan-Americano de Santiago, no Chile, de 22 a 24 de outubro (54.85). Ela venceu a prova, com 54.29, recorde pessoal. Nos 200 m fez 24.15 (2.0), superando a marca mínima exigida pela World Athletics como índice para o Mundial (24.35).



No quadro geral de medalhas São Paulo foi o primeiro colocado com 39 (15 de ouro, 10 de prata e 14 de bronze), seguido por Santa Catarina com 23 (7, 8 e 8), Paraná com 26 (5, 15 e 6), Distrito Federal com 9 (4, 2 e 3) e Mato Grosso com 9 (4, 1 e 4).



"Foi um grande sucesso, abriu com chave de ouro a temporada de Brasileiros de 2021. Os resultados se confirmaram, com um excelente nível técnico. Apesar de ainda estarmos na pandemia tivemos mais de 100 equipes, de 22 Estados, o que mostra que o atletismo está vivo e buscando resultados. Confirmamos índices para o Mundial, para o Pan-Americano Sub-20 e a certeza de que a nova geração vem com grande força", afirmou Wlamir Motta Campos, presidente do Conselho de Administração da CBAt.



Acrescentou que foi um grande desafio fazer a competição com cerca de 700 pessoas entre atletas, treinadores e integrantes de comissão multidisciplinar, mesmo sendo sem público. "Queremos agradecer a compreensão de todas as Federações, Clubes, treinadores e atletas que entenderam a necessidade de manter o isolamento e o uso de máscaras. Tivemos duas visitas da Vigilância Sanitária que pediu distanciamento e elogiou as providências adotadas pela CBAt", observou.



Disse ainda que a parceria com a Prevent Senior Sports começou de forma muito positiva. "Foi um grande sucesso a presença da carreta de recorevy e ela estará presente em todos os nossos Campeonatos Brasileiros", afirmou. "Eu não poderia estar mais feliz. Foi um grande início de temporada e a certeza de que teremos um grande evento no Troféu Brasil."



Os resultados completos podem ser acessados no hotsite da competição: CLIQUE AQUI 



O torneio tem apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) que desenvolve o Programa de Formação de Atletas juntamente aos clubes integrados e ENADs (https://cbclubes.org.br/).



A Prevent Senior Sports é patrocinadora do atletismo brasileiro para a entidade gestora do esporte e os atletas brasileiros, visando a saúde integral dos indivíduos e apoio às competições.