10dezembro

Almir Júnior comemora muito o tri do triplo por competir em casa

Mato-grossense teve apoio da torcida no Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso, em Cuiabá, e foi muito aplaudido ao dizer que começou a sua carreira na cidade de Peixoto de Azevedo, também no Mato Grosso
Assessoria de Comunicação

Cuiabá – Almir Cunha dos Santos, o Almir Júnior (Sogipa-RS), conquistou o tricampeonato do salto triplo no Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa de Atletismo, na tarde deste domingo (9/7), no Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso, em Cuiabá. Ele contou com grande torcida por ser mato-grossense e ter começado a sua carreira na cidade de Peixoto de Azevedo.



“Estou muito feliz por competir em casa e por ter minha família nas arquibancadas. Foi aqui que tudo começou em 2009. Surgi para o esporte e depois fui morar e treinar em Porto Alegre para me aprimorar”, contou Almir, de 29 anos, vice-campeão mundial indoor do triplo em Birmingham-2018. “Estava treinando em Portugal, mas fiz questão de participar deste Troféu Brasil. É muito especial estar aqui.”



Almir tem nos planos a participação no Mundial de Budapeste, que será de 19 a 27 de agosto, mas admite que as metas principais são os Jogos Pan-Americanos de Santiago, em novembro, e a Olimpíada de Paris-2024. “Estou mudando meu processo de salto, invertendo as pernas (esquerda-direita-esquerda), o que não é um ajuste fácil. É outro desafio, como foi o de mudar do salto em altura para o triplo, mas estou feliz com o começo.”



O tricampeão do Troféu Brasil tem sofrido com lesões este ano e não pôde participar das edições de Doha e de Florença, etapas da Liga Diamante. Agora, recuperado, volta para o Centro de Treinamento de Jamor, em Lisboa, nesta semana, e retoma a preparação com o técnico português José Uva. Está prevista a participação na etapa de Mônaco da Liga Diamante, no dia 21 de julho. Depois volta ao Brasil para disputar o Campeonato Sul-Americano, de 28 a 30 de julho, em São Paulo.



Mateus Daniel Adão de Sá (Pinheiros-SP) ficou com a medalha de prata, com 16,05 m (1.2) e Kauam Kamal Aleixo Bento (Praia Grande-SP) levou o bronze, com 15,96 m.



No salto em distância feminino, Lissandra Maysa Campos (Instituto Vicente Lenílson-MT) contou com grande torcida no estádio. Nascida em Cuiabá, a recordista sul-americana sub-23 (6,69 m) conquistou a medalha de prata, com 6,50 m (0.5) para a alegria dos fãs.



O ouro foi para a experiente Eliane Martins (Pinheiros-SP), que obteve 6,66 m (0.5). O bronze ficou com Letícia Oro Melo (Corville-SC) ao alcançar 6,47 m (0.6). Letícia conquistou no ano passado a medalha de bronze no Campeonato Mundial do Oregon, nos Estados Unidos.



Resultados completos e outras informações podem ser acessados no hotsite da competição que fica na home do site da CBAt CLIQUE AQUI



O Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa foi uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio das Loterias Caixa e do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, com apoio do SESI, da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT) e da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).



A competição teve apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que desenvolve o programa de formação de atletas juntamente aos clubes integrados e ENADS: VEJA AQUI



A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.



As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.